como adaptar novo gato no lar?

 

cats meeting each other

INTERAÇÃO ENTRE O GATO DA CASA E UM “INTRUSO”

A chegada de outro gato em uma casa onde já existe um gato pode ser difícil para as pessoas e para ambos os felinos. Ao trazer outro felino para dentro de casa, você está pedindo ao seu bichano que compartilhe seu território com um “intruso”. Essa situação, felizmente, pode ter um desfecho satisfatório para todos se for administrada da forma correta. Lembre-se, no entanto, de que às vezes são necessárias semanas – ou até mesmo meses – para que dois felinos se acostumem um ao outro.

Antes de adotar um novo gato, verifique se a vacinação do seu gatinho está em dia e se está vermifugado.

Logo após trazer para casa o novo gato, instale-o em um espaço só para ele com água, comida e a caixa de areia até que ele se adapte a você e ao novo ambiente.

Deixe que seu antigo bichano cheire e investigue por trás da porta onde o outro gato está confinado (sem abri-la).

Você pode dar algo com o cheiro deles para ambos cheirarem um ao outro (algum paninho de dormir, por exemplo).

Depois que os felinos se acostumarem um ao outro, abra um pouco a porta e deixe eles se cheirarem durante alguns momentos.

Depois de uns dias (vai depender da reação deles), você poderá liberá-los totalmente por volta de 5 a 10 minutos e, claro, com sua supervisão. Nesse primeiro encontro, dê alguma guloseima para tornar esse momento mais agradável. Repita esse procedimento até que eles fiquem bem mais a vontade.

Aumente gradualmente esses momentos de convívio até você ver que eles não estão mais se estranhando. [1]

[1] BRUNNER, David & STALL, Sam. Gato: manual do proprietário. São Paulo: Editora Gente, 2006, p. 63

 

cats meeting each other1

a importância de uma boa apresentação

Esteja preparado: estranhamentos iniciais devem acontecer, mas com paciência, logo eles devem pelo menos tolerar a presença um do outro.  

Você está pensando em ter mais um gato em casa? O processo de apresentação é muito importante. Para os felinos, as primeiras impressões são as que ficam. Na vida ao ar livre gatos tomam muito cuidado para prevenir encontros casuais com outros gatos através do comportamento de demarcação de território pelo cheiro. Ao “ler” as áreas marcadas, os gatos podem dizer quem esteve naquele lugar por último, e a que horas. O território pode então ser usado por diferentes gatos em diferentes horários do dia – a versão felina de um compartilhamento de tempo. Para acostumar o seu gato à ideia de dividir o território com outro felino, é essencial que seja feita uma apresentação gradual.

Tempo e paciência são as chaves para ter sucesso na introdução de um novo gato em sua casa. O novo gato deve ter um aposento só para ele por alguns dias. Troque o seu cobertorzinho com o do gato residente, para que eles possam se conhecer através do olfato antes que tenham a oportunidade de se ver. Depois disso, troque de aposentos. Deixe que o novo gato explore o resto da casa enquanto o gato residente passa algum tempo no aposento do novo gato. Depois que eles se sentirem à vontade com essa etapa, abra um pouquinho a porta do aposento do novo gato de modo que eles possam se ver, mas não possam abrir a porta completamente. Dê aos gatos em ambos os lados da porta alguma comidinha gostosa. Dois brinquedos pequenos amarrados por um barbante comprido passado por baixo da porta encorajarão uma brincadeira paralela. Quando os gatos estiverem calmos com a presença um do outro está na hora de deixar que o gato novo saia por alguns minutos. A duração das visitas pode ser aumentada gradualmente dia a dia. Esse processo pode levar alguns dias ou alguns meses, dependendo da personalidade dos gatos. Normalmente o tempo é menor quando um dos gatos têm menos que 4 meses de idade.

Durante todo o processo de apresentação fale calmamente e em voz baixa com os gatos. Elogie-os generosamente quando eles demonstrarem tolerância com a presença do outro gato. Nunca repreenda ou use um tom de voz severo quando eles estiverem juntos, ou eles irão associar coisas ruins com a presença do outro. Dê atenção especial ao gato residente, uma vez que é o território dele que está sendo invadido, e muito provavelmente será esse velho amigo que precisará ser mais tranquilizado. Até que eles se tornem amigos, dê atenção ao novo gato somente quando o gato residente não estiver por perto.

Se a qualquer momento os gatos se tornarem receosos ou hostis, coloque o recém-chegado de volta ao seu quarto e feche a porta. Um pequeno revés não irá arruinar a amizade florescente, mas um encontro muito agressivo será lembrado por um longo tempo e deve ser evitado a todo custo. Sempre que você se deparar com problemas, volte um estágio no processo e então cuidadosamente siga adiante novamente. Você é a única pessoa que pode determinar o ritmo do processo de apresentação. O tempo que você passar fazendo com que seus gatos gradualmente se acostumem um ao outro será recompensado com anos de um harmonioso companheirismo felino.

cats meeting each other2