1- Castração: é o item no 1!. Castre a fêmea e o macho entre 4 e 5 meses de idade para que eles fiquem
mais caseiros e saudáveis.

a. A fêmea deve ser castrada não só para evitar filhotes, mas também para prevenir piometra (infecção
uterina), câncer e várias doenças.
b. O macho deve ser castrado para evitar miados e namoros no telhado, não deixando ninguém dormir; para
não ser arranhado e mordido por outros gatos; não infectar-se com doenças infecciosas graves, como a
leucemia (FeLV) e a imunodeficiência felinas (FIV), transmitida pela saliva de gatos doentes.

2- Ao adotar, deixe o gato novo em quarto fechado por 1 semana para se adaptar aos novos odores, sons,
pessoas. Será seu refúgio em caso de perigo. Depois vá soltando lentamente pela casa. Evite deixá-lo
na rua/telhados/casa do vizinho, é uma questão de tempo e o gatinho vai sumir, sofre acidente ou ser
eliminado por um cão ou humano.

3- Alimentação: dê ração de boa qualidade (tipo Premium ou superior) para evitar futura insuficiência renal.
Dê ração de filhotes até os 9 meses de idade. Dê alimento úmido (sachê ou carne/peixe) de vez em quando.

4- Banheiro: coloque areia sanitária (inúmeras marcas) em caixa plástica de altura condizente com o tamanho
do gato. Adultos precisam de caixas mais altas para não derramar areia para fora enquanto “enterram” suas
necessidades. Gatos não precisam ser treinados, eles já fazem tudo certinho.

5- NÃO deixe a caixa-banheiro próximo da água e da comida. Limpe a caixa de areia duas vezes ao dia, pelo
menos. Eles detestam banheiro sujo.

6- Coloque telas em todas as janelas de todo apartamento, inclusive as dobanheiro. Gatos podem se distrair
com um passarinho ou inseto e cair. Geralmente morrem. Sobreviver é exceção.

7- Coloque coleirinha para que os vizinhos saibam que este gato tem dono.

8- Vacine anualmente contra Panleucopenia (Parvovirose do gato), Calicivirose, Rinotraqueíte, Clamidiose,
Leucemia Felina e Raiva.

9- Vermifugue adultos 2 vezes ao ano. Filhotes, pelo menos 2 vezes com, intervalo de 10-15 dias.

10- Corte a pontinha das unhas a cada 15-20 dias.

11- Se parar de comer leve imediatamente ao seu veterinário preferido.

12- Dê brinquedos, bolinhas de papel, tapete de sisal ou capachos, arranhadores… eles adoram.

13- Tenha paciência com a animação dos filhotes! Você vai curtir muito!

14- LEMBRE-SE: TER UM GATO FAZ VOCE TER SORTE, SER FELIZ E RENOVA SUAS ENERGIAS E
O BOM HUMOR.

Dra Ingrid Menz CRMV-SP 1569